En poursuivant votre navigation sur ce site ou en cliquant sur la croix, vous acceptez le dépôt de cookies destinés à réaliser des statistiques de visites ainsi qu'à vous proposer des vidéos, des boutons de partage, des publicités personnalisées et un service de chat. Pour en savoir plus et paramétrer les cookies X

FR EN DE ES IT PT

Uma live stream em nosso canal do Twitch terminou agora apresentando detalhes sobre as próximas melhorias na classe Sacrier e Osamodas. Aqui está um resumo das modificações gerais que você pode testar a partir de amanhã.

Osamodas

Com sua nova mecânica de cargas, os Osamodas precisarão utilizar suas Magias Elementares para invocar suas criaturas. O propósito dessas mudanças é fazer com que os Osamodas participem ativamente do combate ao lado de suas invocações, em vez de depender delas. É por isso que os Osamodas podem agora controlar todas as suas invocações de classe. Essas mudamos serão acompanhadas de uma série de novas magias elementares que devem criar opções variantes mais interessantes e tornar o jogo menos monótono. 
 

Vantagens do novo Osamodas comparado ao atual: 

  • Controle incondicional de todas as invocações do Osamodas. 
  • Equidade das formas elementares em termos de invocações e feitiços. 
    • 1 feitiço suplementar de Ar. 
    • 2 feitiços suplementares de Terra. 
    • 3 feitiços suplementares de Água.
    • 3 feitiços suplementares de Fogo.
  • Melhores possibilidades para multe elementos.
  • Todas as invocações disponíveis no nível 1.
  • Pode lidar melhor quando as invocações não são uma opção. 
 

Limitações do novo Osamodas comparado ao atual: 

  • Número de invocações limitados pelo funcionamento dos feitiços. 
  • A morte de uma invocação é mais incapacitante.
  • Invocar uma criatura em particular requer planejamento. 
  • Aniquilação do spam de invocação em baixo nível. 
  • Reaprendizagem necessária. 
 

Sacrier

Para tornar o sistema de Sofrimento mais flexível e interessante de usar, nós faremos com que ele dependa diretamente da Vitalidade dos Sacriers. Cada nível de Vitalidade corresponde a um grau de Sofrimento: por exemplo, um Sacrier que está entre 50% e 40% de sua Vitalidade máxima estará em Sofrimento nível 6. O Sofrimento não pode mais ser negativo, e evolui de 0 a 10. Cada degrau de Sofrimento concede bônus (de danos finais causados e de redução de danos finais sofridos) de importância crescente. 

Desta forma, os Sacriers não podem mais causar grandes danos ou reduzi-los enormemente tendo toda a sua Vitalidade, mas terão que se expor e sofrer danos para se beneficiarem desses bônus, o que corresponde muito melhor ao aspecto "berserker" que eles devem usar. A Vitalidade dos Sacriers torna-se um recurso por si só, que às vezes será necessário utilizar para finalizar violentamente seus inimigos ou preservar para sobreviver ou proteger seus aliados, bloqueando seu corpo. Este novo sistema de sofrimento permite assim recompensar os Sacriers que se expõem (com prazer) aos danos, e um Sacrier na beira da morte será uma ameaça impossível de ignorar para seus inimigos. 

Os Sacriers terão, portanto, innevitavelmente, mais ferramentas para manipular sua Vitalidade, seja através de magias auto-mutilantes ou feitiços de cura/roubo de vida, que naturalmente evoluirão o Sofrimento ao mesmo tempo que a Vitalidade.