FR EN DE ES IT PT
Procurar nos fóruns 
Rastreadores Ankama

Melhorar a Economia

Por wyyl - EX-ASSINANTE - 12 Dezembro 2019 - 19:20:56

Olá,
depois de um tempo parado sem jogar, ao voltar vi que o servidor do Croca está praticamente respirando por aparelhos, vi diversos tópicos aqui no fórum sobre a Ankama não poder transferir personagens de servidores multi pra servidores mono. E vice versa, a questão é que a Ankama não interfere na economia, que é um diferencial do jogo, então minha dúvida é, Existe alguma possibilidade da Ankama quebrar o protocolo e interferir na economia apenas dos servidores Multi?? 
No caso, verifiquei que não é só o Croca que está assim, hoje os servidores que estão com a economia estável são os servidores Mono. 

A Ankama já se manifestou sobre a possibilidade de uma nova fusão do server Croca com outro Multi. Se isso acontecer, depois de um tempo vai voltar ao mesmo patamar, quebrado. 

novamente....

Ankama, existe alguma chance mínima de interferir na economia do servidor para salvá-lo??? 
 

0 0
Reações 5
Pontuação : 134

A economia muda com o tempo, não tá quebrada, vc quebrou, é diferente, com o passar das atualizações as coisas vai ficando defasadas e não valem mais a mesma coisa. o jogo anda, e vc tem que andar tbm.

2 -1
Pontuação : 193

pior é que nem os itens recentes craftados vende!!!! como não quebrou? parece epoca de promoções de 80% no croca, exomages/dofus mais chatos de fazer tudo baratinho. lol

0 -1
Pontuação : 167

Meu amigo não é assim que funciona, se não tem quem compre os preços vão cair. Regulamentar/Intervir no Mercado só faria que os produtos ficassem mais caros e as vendas diminuiriam ainda mais.

A solução é aumentar a demanda dos produtos com a chegada de novos players e mudando a dinâmica do jogo de forma a melhorar o fluxo de recursos e items.

Assim o Zé Desesperado que coloca o item 1 kama abaixo mercado ou prostitui sua profissão a níveis mais baixos conseguirá vender seus items da mesma forma que o jogador que colocou o item no preço certo. No final do processo quem vai ter perdido foi o cara que colocou seu item abaixo do preço de mercado, ele teria vendido seu item na mesma velocidade e quantidade se tivesse colocado o preço do Mercado.

O liberalismo econômico reflete a real situação do estado, se faltam players, recursos e items a economia morga mesmo. Pode reparar que o comércio de alguns items continua sendo vantajoso tanto para quem compra como para quem vende, é um sinal que no jogo ele é economicamente viável e útil. O que falta é adaptar ou remover os items que não possuem procura para outros novos que tenham competividade e seja vantajoso fazê-los ou obtê-los.

A situação atual da economia primeiramente é culpa do game design e em segundo lugar a culpa da falta de jogadores.

A Ankama precisa urgentemente repensar a forma de monetização do jogo, há anos o jogo segue em declínio e eles não conseguiram atrair novos jogadores e nem manter os velhos. Fundir servidores é só postegar a morte do Dofus se a situação atual permanecer.

Dofus é um jogo obsoleto, feito em Flash, mal otimizado e mal gerido. Não é um jogo de público restrito, porém não é nem um pouco viável começar a jogar a partir do zero hoje em dia, existem opções claramente melhores para quem curte o gênero ou simplesmente quer se divertir, a tecnologia está em constante evolução e dificilmente alguém da nova geração deixaria de jogar jogos como Fortnite, Lol, Minecraft, Cs:Go ( jogos antigos que conseguiram permanecer vivos), sem falar dos grandes lançamentos para console e pc para se interessar em um joguinho 2d antigo que pouco tem para oferecer. Sad but true, Dofus não é um jogo ruim, porém não é nem um pouco atrativo e Ankama deixou isso acontecer.

Esses são os frutos da gerência da Ankama e de suas práticas de captação e aplicação de recursos. 
 

4 0
Pontuação : 157

eu só nao concordo na parte que existem opçoes claras e melhores , mmo rpg tatico não tem !!!!  a nova geração  tem um defeito muito terrivel , eles nao tem garra e na primeira dificuldade mudam de jogo 

0 0
Pontuação : 316
Desde a fusão dos servidores que este tema vem sendo debatido... Na verdade faz muito mais tempo que isso. Em 07 de Junho de 2017, a Revista da DofusBR  abordou o tema da "Crise das Kamas". Caso queira ler, está aqui: DofusBR (1ª Edição) - A Crise das Kamas. ( VALE A PENA LER! )
 
Eu quis reviver esta matéria porque ela claramente discute os processos econômicos do servidor e quais aspectos influenciam ou potencializam o mercado e a geração de Kamas.
Respondendo pela Ankama, os protocolos regem uma empresa, são estes que definem o  ordenamento e organização dos processos internos e externos... Ou seja, é o que diz como a empresa irá se "comportar" diante de situações, como cada setor deve trabalhar, qual produto entregar... essas coisas...  A Economia livre e gerida pelos players é algo definido e pactuado na Ankama e o produto DOFUS já é "vendido" com essa característica. Portanto o "protocolo" não pode ser quebrado, e caso isso aconteça, os termos precisarão ser revistos e esta mudança deverá ser aplicada em todos os servidores ativos. Não acredito que seja viável para a Ankama fazer isso, principalmente porque teria que mexer também na economia de servidores monoconta.

Apesar do tema ser triste, fico extremamente feliz em ver o assunto sendo discutido tão assiduamente por nossa comunidade, é sinal que nos importamos com o nosso servidor e a forma que o percebemos nos preocupa... Acredito que este seja o grande começo de uma mudança.

Amo vocês!
1 0
Comentar neste tópico