FR EN DE ES IT PT

Faz algum tempo que percebemos preocupações dos jogadores tendo em vista que nenhum comunicado nosso foi feito a respeito da chegada da terceira parte de Frigost. Devido a isso resolvemos explicar nessa mensagem porque o lançamento ainda não é urgênte já que são poucos os jogadores que podem desfrutar dos calabouços mais recentes da segunda parte da ilha.


O castelo do Conde Harebourg, no coração da ilha congelada, ainda esperará para ser descoberto.

Nós não fazemos isso frequentemente,  mas hoje nós vamos compartilhar com vocês algumas estatísticas que nossos Game Designers utilizam para trabalhar.

Abaixo, a percentagem (arredondada para baixo) de personagens que passaram, pelo menos uma vez, os diferentes calabouços de Frigost entre todos os personagens com acesso à ilha de Frigost (isto é, aqueles que completaram a missão “Bem-vindo a Frigost"):

 Mastogob Real   Pingwin Real   Buck Anear   Obsidemônio   Raposa Tengu do Gelo   Korriander   Kolosso   Urso Glacial Celestial 
43% 22% 15% 11% 7% 5% 4% 3%

Estes números, que incluem todos os jogadores sem distinção de nível, não são, obviamente, inteiramente relevantes, dado que os calabouços de Frigost são destinados aos personagens de nível 120 a 200. Por isso, isolamos os jogadores de duas faixas de nível particularmente representativos.


Com menos de 3% de visitantes, o Urso Glacial Celestial pode se sentir sozinho...

Abaixo, a percentagem (arredondada para baixo) de personagens que passaram pelo menos uma vez os diferentes calabouços de Frigost entre todos os personagens de nível 160 a 180 com acesso à ilha de Frigost (isto é, aqueles que terminaram a missão “ Bem-vindo a Frigost”):

MR PR Buck Obsi Tengu Korri Kolosso Urso
82% 48% 27% 13% 5% 2% 1% 0%

E o mesmo quadro para a faixa de nível 180-200:

MR PR Buck Obsi Tengu Korri Kolosso Urso
94% 82% 68% 55% 39% 30% 26% 16


Como podem ver, estes números não são de modo algum satisfatórios, e Frigost não foi tão bem sucedida quanto esperavamos. Óbvio que não esperamos que 100% dos jogadores acessem 100% do conteúdo. Contudo, não podemos nos contentar com esta situação em que apenas 16% dos jogadores mais influentes do jogo chegaram ao fim do último calabouço, até porque o jogo não tem como vocação permanecer eternamente com um conteúdo elitista. De fato, com o tempo, a divulgação das estratégias, as melhorias na acessibilidade (salvaguarda, teletransporte de calabouço) e o aumento dos poderes dos personagens, ele deveria ser muito mais visitado.


Hoje, mesmo entre os mais experientes, uma minoria de jogadores aproveita plenamente o conteúdo mais avançado de Frigost e a maioria depende deles para comprar os equipamentos mais potentes. Nós não queremos deixar que essa situação continue assim. Queremos que cada jogador possa, com um investimento de tempo razoável, descobrir e atravessar as diferentes zonas do jogo.


« Deixa de egoismo, Tengu! Nós também queremos carne fresca »

E não queremos acentuar ainda mais esta situação liberando uma nova extensão que é ainda mais difícil, com táticas mais complexas, monstros mais potentes, dirigido a jogadores ainda mais experientes (190-200). No contexto presente, seria totalmente insensato lançar Frigost 3. Isso só iria acentuar as divisões na comunidade.

A Ankama pretende realmente oferecer conteúdo de alto nível elitista e difícil, para satisfazer os jogadores de nossa comunidade mais adeptos do desafio. Isso é algo que consideramos particularmente importante. Infelizmente, no contexto atual, lançar tal conteúdo seria dirigir-nos a menos de 3% dos nossos jogadores.

Por isso, antes mesmo de pensar no lançamento de Frigost 3, há uma série de projetos que desejamos realizar. A fim de ajudá-los a melhor visualizar o que nos ocupará durante o ano de 2012, eis um resumo de algumas de nossas linhas de trabalho.

Primeiramente, a acessibilidade que foi o centro das nossas preocupações no ano passado e continua a sê-lo hoje. Queremos reduzir o trabalho penoso envolvido na organização e formação de grupos, de modo a permitir a todos os jogadores, especialmente jogadores de conta única, o acesso ao conteúdo mais difícil sem serem desencorajados.

Mas, além do trabalho penoso, a dificuldade em si precisa ser revisada. Embora tenhamos já por duas vezes revisado para baixo a dificuldade dos calabouços de Frigost, os números são muito claros: não é suficiente. Muitos jogadores ainda preferem travar incontáveis ​​combates extremamente simples (por exemplo, os Mastogob ou Blops) ao invés de fazer a metade dos combates por um lucro maior, mas com maior dificuldade.

Para estes jogadores, tentamos identificar em que momento a dificuldade se torna muito grande, quais as mecânicas de jogo que os assustam, e como poderemos reduzir essa dificuldade sem tornar o conteúdo demasiado simples para jogadores que buscam o desafio.

Mais do que a falta de conteúdo, durante os últimos meses, temos sentido falta de diversidade nos equipamentos em jogo. Uma falta de diversidade que se sente tanto em PvP como em PvM, dado que cada vez mais jogadores escolhem os mesmos equipamentos.

Por isso, pretendemos adicionar novos conjuntos em Frigost para os níveis mais altos, mas também aproveitar a oportunidade para revalorizar alguns outros calabouços muito abandonados do "velho continente", integrando alguns dos seus recursos às receitas destes novos objetos. Além disso, vamos limitar o número de objetos em cada conjunto para incentivar os jogadores a testar diferentes combinações, e a fragmentar os conjuntos atuais para os completarem.


Goultard não vê a hora de conhecer os novos equipamentos em seus próximos gladiadores.

Claro, tudo isso é um resumo muito sucinto e ainda pouco preciso do que nos espera sobre DOFUS em 2012. Também devem esperar grandes novidades, muitas das quais serão reveladas na próxima Convenção Ankama. Quanto aos detalhes das modificações que vamos lançar para tornar a ilha de Frigost mais acessível e preparar finalmente a chegada de um conteúdo ainda mais rico em desafios, daremos as informações durante os próximos meses, de patch em patch, de artigo de devblog em artigo de devblog.

É importante compreender que se fazemos silêncio sobre uma novidade e se evitamos dar muitos detalhes, demasiado cedo, é apenas para evitar decepções e falsas esperas. Preferimos esperar que uma atualização seja finalizada para dar-vos todos os detalhes, quando não há mais risco de mudança de última hora.

Em conclusão... Não, Frigost 3 não sairá em breve, e não trabalhamos atualmente no desenvolvimento da extensão. Primeiro precisamos adicionar conteúdo destinado a todas as faixas de nível e melhorar a acessibilidade do conteúdo existente. A data de lançamento de Frigost 3 permanece dependente da eficácia das melhorias que serão implementadas!


Angelica também terá que esperar para continuar sua turne por Frigost.

O próximo passo na evolução de DOFUS começará em março, com o lançamento do beta-teste da próxima atualização. Reconhecemos que essa primeira atualização do ano chegará tardiamente, mas é necessário compreender que este ano, Ankama lança seu segundo MMORPG, Wakfu. Este será um evento importante na evolução da empresa e é por esta razão que nossa equipe de teste se concentra no novo jogo até ao seu lançamento, e nos tempos que se seguirão ao seu lançamento.

Enquanto isso, dado que os efetivos da equipe de teste estãomobilizados com Wakfu, a equipe DOFUS reduz certamente o ritmo de atualizações, mas não deixa de trabalhar! Continuamos corrigindo os problemas que relatam, a fim de melhorar o que precisa ser melhorado, e trabalhando nos próximos lançamentos.

A atualização cujo teste começará em março será apenas a primera etapa de um ano pleno de novidades.

Categoria: Community - Game design