FR EN DE ES IT PT

Na versão 2.34, nós introduzimos ao jogo uma nova funcionalidade chamada Desafios comunitários. É um sistema que permite lançar desafios aos outros jogadores e ganhar kamas apostando na vitória ou derrota dos participantes do desafio. Essa funcionalidade é uma "ferramenta": são os jogadores que decidem quais tipos de desafios eles querem lançar para a comunidade.

Atualmente o sistema de Sucesso já permite o lançamento de desafios, mas em número limitado (mesmo com os aumentos nas atualizações principais) e nós definimos muitas regras de criação para garantir que esses desafios não sejam frustrantes para a maioria dos jogadores. Essas restrições nos impedem de lançar alguns desafios originais que atingiriam apenas uma minoria dos jogadores. Deixando que os jogadores criem seus próprios desafios, criamos a possibilidade para vocês de lançarem conteúdos bem mais específicos direcionados a um grupo pequeno de jogadores (sem frustrar aqueles que não quiserem participar).

Objetivos

Os objetivos que definimos são:

  • Permitir que os jogadores proponham objetivos diversificados para um público específico.
  • Renovar a experiência de jogo constantemente, propondo uma grande variedade de critérios.
  • Deixar que jogadores escolham o público-alvo de seus desafios (amigos, guilda, aliança, toda a comunidade etc).
  • Introduzir uma "mecânica de PVP indireta": o jogadores apostam uns contra os outros.
  • Revalorizar e aumentar o potencial de dificuldade dos conteúdos considerados muito simples por alguns jogadores.

Funcionamento geral

O funcionamento dos desafios comunitários pode ser resumido assim:

  • Os jogadores podem definir os desafios e enviá-los aos outros jogadores.
  • As recompensas são levadas pelos jogadores para evitar qualquer problema de trapaça e de comunicação.
  • Os jogadores que aceitarem o desafio podem ganhar kamas se conseguirem vencer.
  • Aqueles que criarem os desafios podem ganhar kamas caso os jogadores que aceitarem o desafio não consigam completar a tarefa no prazo.

Construção de um desafio comunitário: conteúdos e critérios de vitória

Para criar um desafio é só abrir a interface de desafios e, em primeiro lugar, selecionar um conteúdo: um monstro ou Chefe entre o que estiverem disponíveis no jogo. Os Arquimonstros, cartazes de procurado e monstros de missão não podem ser utilizados para os desafios porque sua disponibilidade no jogo é muito incerta para garantir uma experiência de jogo satisfatória.

Quando o monstro tiver sido escolhido você poderá selecionar critérios de vitória que vão aumentar a dificuldade do desafio. Será possível escolher até 5 critérios suplementares (o número poderá aumentar) entre a lista abaixo:

  • Desafio 1: será possível escolher a maioria dos desafios existentes e as incompatibilidades entre desafios e monstros será levada em conta, é claro. Aceitar um desafio que já inclui um desafio não vai, necessariamente, lançá-lo em combate. Nesse caso, é só terminar o combate respeitando as regras do desafio lançado independentemente de quais desafios estiverem ativos em combate.
  • Desafio 2: um segundo desafio pode ser selecionado.
  • Ídolos: é possível definir até 6 ídolos diferentes (as incompatibilidades com certos monstros vão ser levadas em conta).
  • Pontuação de ídolos:  uma pontuação mínima a ser atingida só pode ser definida se nenhum ídolo específico for requisitado (isso acontece por questões técnicas, a gente gostaria de encontrar uma solução para possibilitar a utilização desses dois critérios em um mesmo desafio).
  • Nível máximo: para criar desafios específicos para os personagens menos experientes.
  • Número máximo de turnos
  • Número máximo/mínimo de personagens: a dificuldade de alguns combates pode variar em função do tamanho das equipes, esse critério permitirá, por exemplo, que vocês proponham desafios comunitários enfrentando Chefes em equipes de 8, ou até mesmo em  combates solo!
  • Classes necessárias/proibidas: este critério permite definir a presença ou ausência de certas classes. É possível definir entre 0 e 3 classes. Nem todas as composições têm a mesma eficácia em todos os conteúdos (principalmente se a equipe tem um tamanho reduzido). Este critério permite lançar desafios para classes específicas e, desse jeito, definir de um modo mais preciso o nível de dificuldade do desafio.
  • Tamanho mínimo do grupo de monstros Lâmina:  esse critério será útil para os desafios que envolverem monstros combatidos fora dos calabouços, ele permitirá definir um número mínimo de monstros contra os quais os participantes deverão lutar.

Ao contrário do que a gente havia imaginado inicialmente, um desafio poderá ser lançado sem ter sido realizado antes pelo seu criador. Desse jeito, os jogadores não terão a certeza de que o desafio seja realizável (a validade técnica será verificada, mas a dificuldade téorica do desafio não), eles vão ter, então, que descobrir sozinhos se são ou não capazes de concluir o desafio lançado. A gente tomou esta decisão por diversos motivos:

  • Simplificar de modo significativo a criação e publicação de desafios.
  • Permitir que o jogadores criem desafios (e, assim, conteúdo para os outros) sem necessariamente precisarem ser jogadores muito experientes capazes de completar desafios super difíceis.
  • Aumentar a possibilidade de ganhos para os criadores de desafios (eles correm o maior risco investindo o dinheiro inicial) permitindo que eles criem desafios tecnicamente viáveis mas que ainda não tenham sido realizados.

Riscos contra recompensas

No momento da criação de um desafio, seu criador poderá definir os custos e recompensas potenciais:

  • Custo de participação: é a soma de kamas que os jogadores que aceitarem o desafio deverão pagar para participar (esse valor pode ser nulo).
  • Montante total da recompensa: é a soma total de kamas que os personagens que completarem o desafio poderão dividir entre si, esta soma será paga pelo criador do desafio (ela pode ser nula).
  • Numero máximo de vezes que um desafio pode ser completado : este critério permite criar um desafio com uma soma alta de recompensa mas que só poderá ser compartilhada entre os X primeiros jogadores que completarem o desafio, por exemplo. Este critério é opcional.
  • Duração do desafio: assim que o tempo de um desafio chegar ao fim, ele será retirado da lista de desafios disponíveis para os jogadores e aqueles que tiverem aceitado mas não validado o desafio em questão serão considerados como se tivessem fracassado.

Quando um desafio chegar ao fim (ele pode expirar):

  • Aqueles que tiverem conseguido completar o desafio dividem entre si o dinheiro da recompensa.
  • Os que não tiverem completado não ganham nada.
  • Os custos de participação são devolvidos aos ganhadores.
  • Os custos de participação não são devolvidos aos perdedores e são repassados ao criador do desafio.

Se o número máximo de vitórias estipulado para um desafio for atingido, ele não poderá mais ser aceito e aqueles que ainda não tiverem completado devem escolher entre as seguintes opções:

  • Não completar o desafio no tempo definido: taxas de participação não reembolsadas (e repassadas ao criador do desafio).
  • Completar o desafio fora do tempo definido: taxas de participação reembolsadas.

A recompensa é dividida da seguinte forma:

  • Caso um número máximo de vitórias não tenha sido definido, a recompensa será simplesmente dividida em partes iguais entre todos os que completarem o desafio.
  • Se o número de ganhadores ultrapassar o número de vitórias restantes, os últimos ganhadores dividirão entre si as partes das recompensas restantes.
  • Exemplo: o desafio é limitado em duas vitórias. 1 personagem completa o desafio, resta apenas 1 vitória possível. Um grupo de 4 completa o desafio logo depois: eles dividem a última parte da recompensa entre si (dividida por 4).

Então, aqueles que criarem os desafios poderão enriquecer com esse sistema se conseguirem propor desafios atraentes mas suficientemente difíceis para que uma parte dos jogadores participantes não consiga completá-lo a tempo.

Aqueles que aceitarem os desafios poderão enriquecer se conseguirem completar os desafios dos quais aceitarem participar.

Restrição de acessibilidade, visibilidade e compartilhamento

O criador poderá decidir qual o público-alvo do desafio lançado por ele:

  • Nenhuma restrição (definição padrão): o desafio será acessível a todos os personagens do servidor.
  • Guilda: somente os membros da guilda do criador poderão participar do desafio.
  • Aliança: somente os membros da aliança do criador poderão participar do desafio.

Caso o criador do desafio mude de guilda ou de aliança após ter criado um desafio, as restrições de acesso originais não são modificadas e são mantidas como foram criadas (guilda ou aliança). 

O criador do desafio também pode definir dois modos de visibilidade:

  • Público: o desafio ficará visível pela interface de desafios. É a opção padrão para oferecer visibilidade máxima a um desafio.
  • Privado: o desafio só ficará acessível pela interface de desafios através de uma URL ou um identificador único gerado no mometo da criação do desafio.

No momento em que o desafio for criado, uma URL e um identificador serão gerados e  poderão servir para divulgar o desafio (via fóruns de guildas, por exemplo).


A URL única permite consultar as informações estáticas do desafio (todos os critérios definidos pelo criador) em um navegador.
O identificador único não poderá ser explorado via navegador, mas possui a vantagem de ser muito mais curto e pode ser divulgado em jogo com mais facilidade por meio de canais de discussão, por exemplo.

O desafio bonzinho e o malvado

Na interface dos desafios vai ser possível consultar os desafios disponíveis, os criados e os aceitos por você.

O número de desafios criado pela comunidade poderá ser grande e por isso você terá diversas ferramentas disponíveis para distinguir os que correspondem ao que você estiver procurando:

  • Uma lista de desafios com colunas que podem ser divididas em:
    • Taxa atual de vitórias
    • Tempo restante de duração
    • Custos de participação
    • Recompensa
  • Um sistema de pesquisa onde dá pra buscar diversos tipos de informações (nomes de monstros, Chefes, classe etc.).
  • Um filtro para que sejam exibidos somente desafios que correspondam ao seu personagem atual.

Perguntas e respostas

 

Esse sistema poderá ser utilizado para organizar de eventos?

O sistema permite organizar eventos em escala de um servidor e vai ser possível criar desafios comunitários sem recompensa e sem custo de participação. A gente considera que possibilidade de administrar a divulgação e a visibilidade dos desafios comunitários facilita a utilização desse sistema para criar eventos.

Será possível organizar desafios comunitários inter-servidores?

Nós estudamos essa possibilidade, mas um sistema assim facilitaria muito o trânsito de kamas entre servidores de jogo (através da recompensa). Isso é algo que nós não desejamos facilitar demais ultimamente pelas questões problemáticas de compra e venda ilegal de kamas.

Por que o criador do desafio deve disponibilizar a recompensa?

É um sistema bem aberto no qual o criador do desafio pode determinar seu público com precisão. Ele pode criar desafios comunitários simples e reservados aos seus próprios personagens, por exemplo. Por isso é preciso evitar gerar recompensas que possam ser exploradas muito facilmente. Nós preferimos propor um sistema no qual os jogadores terão o máximo de liberdade para criar desafios originais, mas onde também serão responsáveis por disponibilizar as recompensas.

É possível aceitar um desafio só depois de ter treinado para completá-lo?

É possível identificar os desafios interessantes para você, treinar para completá-los e, em seguida, aceitá-los e validá-los, sem correr o risco de não conseguir chegar até o final. Por outro lado, essa abordagem pode ser muito mais longa e trabalhosa (na melhor das hipóteses, você precisará completar o desafio duas vezes).

Lembrem-se que durante o mesmo período de tempo será possível realizar até duas vezes mais desafios.

Assim, vocês quase não se arriscam e podem aceitar somente os desafios que já tiverem testado e completado anteriormente, mas essa não é, necessariamente, a abordagem mais lucrativa.

Por que se limitar aos monstros nos desafios comunitários?

Esse é um dos conteúdos mais ricos e universais, por isso é natural para nós dar prioridade para esse conteúdo.
 

Nós estudamos a possibilidade de criar desafios comunitários baseados em forjamagos, mas como os jogadores poderiam fabricar o objeto pedido e aceitar o desafio só quando já tiverem conseguido fabricá-lo, não haveria a possibilidade de falhar nesses desafios.

Nós estudamos a possibilidade de criar desafios comunitários baseados em combates PVP (propor um mapa, sua composição e especificar restrições eventuais para a equipe adversária, por exemplo), mas contamos com uma grande carga de trabalho. Nossos esforços relacionados ao PVP estão focados no Koliseu inter-servidores mas, assim que ele estiver disponível e que o sistema de desafios comunitários estiver funcionando perfeitamente, vamos reconsiderar essa possibilidade.

Vão existir Sucessos para os desafios comunitários?

Não haverão Sucessos para esse sistema, porque será possível criar desafios triviais (muito simples de executar) sem restrições particulares. O sistema é propositalmente manipulável demais para que seja possível criar Sucessos pertinentes.

Podemos criar e aceitar um número ilimitado de desafios ao mesmo tempo?

Uma conta poderá criar até X desafios ativos e poderá aceitar Y desafios ativos. Mas é claro que os desafios terminados não vão ser contados.
 

A criação de um desafio exigirá o pagamento de uma soma baixa de 200 kamas.
 

O número total de desafios ativos em um servidor será limitado à Z por razões de performance. Se esse limite for atingido, não será mais possível criar novos desafios comunitários.

Como ser avisado da vitória ou do fim de um desafio?

O sistema de notificações avisará o criador e os jogadores participantes do desafio assim que ele for completado. Essas notificações poderão ser desativadas.