Ao continuar navegando neste site ou fechar esta janela, você aceita o uso de cookies destinados a realizar estatísticas de visitas, bem como lhe propor vídeos, botões de compartilhamento, anúncios personalizados e um serviço de chat. Para saber mais e configuração de cookies X

FR EN DE ES IT PT
Como anunciamos na carta à comunidade 4, a reformulação da classe chegará em setembro. A grande novidade dessa repaginada é a possibilidade de o Osamodas se fundir com as invocações, mas está longe de ser a única melhoria!
 

Decidimos repaginar o Osamodas por vários motivos:
  • As invocações em grupo não estavam muito interessantes; elas não sobreviviam tempo suficiente para serem eficazes.
  • O painel ofensivo do Osamodas era muito limitado, especialmente para as vias Terra e Água (1 feitiço cada).
  • O painel ofensivo à base de feitiços de bônus era muito repetitivo.
  • A inteligência artificial das invocações às vezes deixava suas ações mais imprevisíveis.
Portanto, nós tentamos melhorar esses pontos e, ao mesmo tempo, introduzimos novos conceitos no Osamodas sem descaracterizar o funcionamento da classe, que continua dependendo, sobretudo, de invocações, de feitiços que as exploram e de feitiços de apoio.

Invocações mais previsíveis


Nesse ponto, a principal mudança é a divisão das invocações em três famílias, cada qual com duas invocações.
 
  • Os Papatudos, representados pelo Papatudo e pelo Papatudo negro.
    • O Papatudo não mudou muito em essência: ele continua a aplicar o estado Gravidade em turnos alternados e tenta bloquear os inimigos.
    • O Papatudo negro tem o mesmo comportamento, mas ele remove Fuga.
  • Os Tofus, representados pelo Tofu negro e pelo Tofu Godin.
    • O Tofu Negro retoma o funcionamento do Tofu "clássico", mas remove Bloqueio e ganha Agilidade a cada ataque.
    • O Tofu Godin empurra os inimigos.
  • Os Dragonetos, representados pelo Dragoneto vermelho e o Dragoneto negro.
    • O Dragoneto vermelho agora remove um turno de encantamento a cada ataque e não possui mais o feitiço "Grito Aterrorizante".
    • O Dragoneto negro cura os aliados perto dos inimigos alvejados.

Isso significa que o Javali, o Prespic, o Smagador e o Bwork Mago não podem mais ser invocados e serão substituídos por 3 invocações novas (algumas assumem uma parte das funções deles) Dessa forma, esperamos representar melhor o papel das invocações em função da sua família: os Papatudo são mais resistentes, porém menos ágeis, os Tofus são muito ágeis, mas pouco resistentes, e os Dragonetos atacam a distância e em linha reta.
O exército está completo!
Agora cada invocação só tem um único feitiço, mas isso não remove algumas habilidades delas (o Paparneiro continua aplicando o estado Gravidade, o Dragoneto remove todos os encantamentos, etc). Nosso objetivo é limitar a quantidade de ações diferentes que elas podem realizar num único turno para torná-las mais previsíveis.

Além disso, cada família de invocação está relacionada a uma via elementar e possui sinergias com ela. E essas sinergias incluem a possibilidade de se fundir com uma invocação!

A fusão


Na prática, basta selecionar uma invocação com o novo feitiço "Elo Bestial". Ela morrerá e o Osamodas assumirá uma forma correspondente à invocação-alvo (por motivos óbvios, só funciona com Tofus, Papatudos e Dragonetos).

Essa nova forma garante bônus não só ao Osamodas, mas também a todas as invocações. Eis os detalhes:
  • Tofu: ganho de Mobilidade, vinculado ao elemento ar
    • Todos os Tofus ganham uma parte da Agilidade e do dano de ar do lançador.
    • Tanto o lançador quanto as invocações ganham PM.
    • O lançador ganha também mais fuga, mas perde Vitalidade.
  • Papatudo: ganho de resistência, vinculado ao elemento terra
    • Todos os Papatudos ganham uma parte da Força, do dano de terra e do dano neutro do lançador.
    • Tanto o lançador quanto as invocações sofrem menos dano.
    • O lançador ganha Bloqueio, mas perde 1 PM.
  • Dragoneto: bônus de cura e de PA, vinculado ao elemento fogo
    • Todos os Dragonetos ganham uma parte da Inteligência, do dano de fogo e das curas do lançador.
    • Tanto o lançador quanto as invocações ganham PA.
    • O lançador ganha um bônus de cura, mas perde Potência.
O Osamodas pode se fundir com uma nova invocação sem nenhuma condição — a não ser matá-la — e pode remover a fusão a qualquer momento lançando o feitiço em si mesmo.
 Essa nova habilidade faz com que o Osamodas possa transferir uma parte das suas características a certas invocações, o que deve favorecer algumas orientações da classe que não se baseiam apenas na Vitalidade. Mas isso também possibilita o aprimoramento de todas as invocações em termos de PA, PM ou Vitalidade, dependendo da situação.
 

Novas maneiras de interagir com as invocações


Falando em aprimoramento, nós ajustamos os feitiços que dão bônus aos aliados para integrá-los às diferentes vias elementares de Osamodas. Portanto, a partir de agora, esses feitiços causam dano quando são lançados em um inimigo e, ao mesmo tempo, melhoram algumas características quando são lançados em um aliado.

No entanto, só conservamos as melhorias de PA, PM e Vitalidade. As melhorias de dano agora passam pela fusão, então são mais eficientes e se aplicam a mais invocações. Por outro lado, as invocações dependem de Osamodas para investir em pontos de características e causar ainda mais dano.

E em relação ao Sapo, que reduzia um valor fixo do dano sofrido, tratava-se de uma mecânica de armadura e proteção que não correspondia à função do Osamodas, que não deveria ser um protetor (como um Feca pode ser). Então nós não quisemos reintroduzir esse feitiço, mas, em contrapartida, melhoramos a Vitalidade global das invocações e acrescentamos outros feitiços que compensam em parte essa perda.

Os feitiços em questão possibilitam que o Osamodas interaja diretamente com suas invocações.
  • Um deles, talvez o mais importante, é o feitiço "Simbiose", que faz o Osamodas controlar uma invocação durante um turno. Ele pode ser lançado em qualquer invocação aliada. No início do seu turno, você jogará no lugar dela, podendo deslocá-la e usar seus feitiços como bem entender! Além disso, se o feitiço for lançado em um Papatudo, em um Dragoneto ou em um Tofu, eles ganharão um feitiço adicional por toda a duração do feitiço:
    • O Paparneiro poderá atrair um alvo.
    • O Tofu poderá trocar de lugar com um aliado.
    • O Dragoneto poderá curar um aliado.

Assim, é possível controlar totalmente as ações de uma invocação para administrar efeitos específicos que não poderiam ser confiados a uma inteligência artificial (sobretudo nos casos da atração e da troca de posição).
 
  • Além desse feitiço, o Osamodas agora pode deixar uma invocação controlada por ele invulnerável por um turno, mas ela morrerá no início do seu turno seguinte. Se for usada em conjunto com um Papatudo bloqueador, por exemplo, essa habilidade poderá bloquear um adversário por mais um turno.
  • O Osamodas pode melhorar consideravelmente (mas por tempo limitado) os PA, os PM, a Vitalidade e o dano de uma invocação. Assim, será possível fazer uma superinvocação com apenas um feitiço. Entretanto, o custo e o intervalo de lançamento são elevados.
  • Ele possui também três feitiços que sacrificam uma invocação:
    • Uma troca de lugar com uma invocação (que morre em seguida), causando dano de ar tanto ao redor do lançador quanto do alvo. Com esse feitiço, o Osamodas pode escapar de situações perigosas ao custo de uma invocação e de alguns PA.
    • O segundo aplica uma cura na área ao redor da invocação sacrificada.
    • E o último recupera uma parte do custo em PA da invocação-alvo.

Com esses feitiços, o Osamodas pode aproveitar ao máximo as invocações numa grande variedade de cenários. E, quando elas não lhe forem mais úteis, ele pode utilizá-las como recursos para gerar cura, PA ou para se deslocar.
 

Vias elementares mais ricas


Para encerrar, repaginamos as vias elementares para deixá-las mais ricas e substituímos a água pelo ar para que haja correspondência entre os três grupos e as três famílias de invocação.

Recapitulando:
  • A via ar está vinculada aos Tofus e se baseia na mobilidade e na Fuga.
    • Um dos feitiços permite que o Osamodas cause mais dano proporcionalmente à quantidade de Tofus no mapa.
  • A via terra está vinculada aos Papatudos e se baseia na Vitalidade e no Bloqueio.
    • É a via que recupera o feitiço "Golpe do Smagador", modificado para reduzir a Potência dos inimigos na zona de efeito.
  • A via fogo está vinculada aos Dragonetos e se baseia na cura.
    • Ela recupera um feitiço que gera cura toda vez que um Dragoneto ataca o alvo.

Essas alterações representam muitas novidades a assimilar e novos estilos de jogo a explorar. Mas acreditamos que elas eram necessárias para deixar essa classe à altura das demais em termos de riqueza, diversidade e eficácia.

Um orbe reconstituinte será distribuído a todas as contas com um Osamodas de nível maior que 50 criadas antes da publicação deste Devblog.
 
Categoria: Game design