Ao continuar navegando neste site ou fechar esta janela, você aceita o uso de cookies destinados a realizar estatísticas de visitas, bem como lhe propor vídeos, botões de compartilhamento, anúncios personalizados e um serviço de chat. Para saber mais e configuração de cookies X

FR EN DE ES IT PT

Por causa de limites técnicos, fomos obrigados a adaptar algumas regras com relação ao AvA… mas temos a solução!

Muitos de vocês estão se preparando para o lançamento do Temporis III. Gostaríamos de lhes agradecer do fundo do coração por estarem tão empolgados para esta 3a edição.

Relembrando que, se você quiser fazer sua pré-inscrição, o caminho é por aqui.

Mas hoje estamos aqui para falar sobre um limite técnico que se transformou em oportunidade. Chega de conversa fiada, vamos explicar do que se trata.

Para resumir, DOFUS consiste em uma acumulação de camadas técnicas. A camada técnica do AvA é a mais alta: não tem nada acima dela. Uma grande quantidade de recursos, módulos e outros gameplays depende dela.

O problema que estávamos encontrando decorre do fato de que não é possível conciliar o sistema do AvA (incluindo o modo conquista, os prismas, etc) e o modo agressão que é oferecido neste Temporis III. Basicamente, o servidor não entende o que se dá entre os modos PvP e Conquista, daí fica passando de um para o outro de forma incontrolável até travar...

Em termos de experiência de jogo, isso não era nada legal…

Tínhamos a opção de descartar completamente as mecânicas de aliança, mas isso significava que não teríamos mais nenhum recurso social (como o chat de aliança, por exemplo). Sinceramente, essa possibilidade não nos agradava nem um pouco…

Em vez de lhes apresentar problemas, estamos vindo com uma solução:

  • Vamos manter as alianças, mas não permitiremos nenhuma fabricação de prisma de aliança e, assim, nem de AvA. Os recursos tipo chat de aliança, por sua vez, serão conservados.

Antes de pegar umas forquilhas e perambular por Roubaix em busca de pepitas, claro que já pensamos no assunto e determinamos como gerá-las (e é aí que reside a oportunidade):

  • Cada vitória em PvP concede pepitas . Preste atenção: nós dissemos “vitória”, e não eliminação de adversário. Há uma grande diferença entre os dois. O importante não é qual personagem derrota qual outro personagem, mas sim qual equipe vence o combate.
  • Além disso, as pepitas só serão geradas uma única vez por conta derrotada. Uma restrição é aplicada, limitando a geração de pipitas a uma vez por semana.
    • Se uma conta A derrotar uma conta B pela primeira vez, serão concedidas pepitas.
    • Se essa conta A derrotar a conta B uma segunda vez, não serão concedidas pepitas. 
    • No entanto, se a conta B atacar a conta A para se vingar, e vencer, a conta B será recompensada com pepitas. 
  • A quantidade de pepitas obtidas é definida em função do nível de quem tiver sido derrotado: quanto mais alto for o nível dele, mais pepitas o vencedor obterá. O cálculo é o seguinte: quantidade de pepitas = nível do derrotado x2.

Por que estamos fazendo isso? Para evitar trapaças e impedir a geração excessiva de pepitas.

Informações adicionais sobre combate em grupo e vitória:


Em um combate em grupo, todos os membros do grupo vencedor serão recompensados com pepitas, mesmo que um membro morra em combate. Todos os membros do grupo que perder irão para a prisão. 

Se você fizer parte do grupo vencedor em um combate 8 vs. 8, você ganhará uma quantidade de pepitas equivalente a soma dos níveis de todos os jogadores inimigos (menos de qualquer um que você já tenha derrotado no decorrer da semana), multiplicada por 2.

Além disso, se você acionar a alavanca que permite liberar um colega de batalha preso, você obterá um sucesso que lhe concederá 2.000 pepitas. Algumas condições precisam ser atendidas para desbloquear essa conquista.

E por fim, com relação ao esforço de guerra, para cada 250 Kamas doadas à sua facção, o jogador receberá 1 pepita

Se você tiver alguma dúvida, deixe uma pergunta nos comentários, e nós procuraremos esclarecer a questão.