FR EN DE ES IT PT

A aventura está a mil em DOFUS desde que Pandala voltou tinindo de nova. Como se a ilha mítica do Mundo dos Doze tivesse acordado com tudo depois de um longo sono de beleza… Mesmo assim, não caia em suas novas armadilhas feito um Iop: leia antes a visita guiada em seis escalas da Agência de Turismo. Está na hora de ficar mais forte… em Terradala!

Cercadas pelas florescentes Akwadala e Plantala, as terras dos Tanukis podem parecer bem ásperas. Aqui, em Terradala, as pedras erguem-se em todas as direções, naturalmente como bambus ou artisticamente como moledros. Alguns aventureiros, envergonhados diante de tantos símbolos fálicos, ficam vermelhos como um jaspe (pode ser culpa dos fortes raios solares também).

Você pode interpretar as técnicas dos Tanukis como bem entender, mas a verdade é que eles se empenham para que sua arte alcance novos patamares.

OS TANUKIS

Em seus vales, em suas curvas, e até em suas menores pedras, Terradala está marcada, tatuada, estampada com a assinatura dessas criaturas que ostentam seus belos pares orgulhosamente (tanto os machos quanto as fêmeas)! Basta observar as várias marcas na terra: são os rastros deixados por suas impressionantes bolas. Com o passar do tempo, esses símbolos acabaram virando geoglifos muito úteis. As fêmeas não ficam para trás com seus melões, e podem ser tão polivalentes quanto os machos na hora de utilizar certos atributos: pincéis, tambores, paraquedas, escudos, asas-deltas e até redes de pesca! Para aproveitar o que a natureza fornece, não falta imaginação!

A FORJA

Construída pelos Pandawas e pouco apreciada pelo Espírito da Rocha (que acha que ela prejudica sua obra), a forja é mantida por Anatakwa, a mestra dos elementos capaz de produzir as mais refinadas e afiadas espadas. No entanto, ela costuma ser mais procurada por seus canecos de cerveja em metal, famosos por evitarem ressacas.

AS FISSURAS DO SOPRO DE AR-GILA

Este lugar inspirador... também expira! Imagine uma terra rochosa e despedaçada, pela qual escapam vapores em uma respiração oriunda de suas profundezas… Não é assustador? Uns dizem que esse sopro permite ver os espíritos aflitos dos Tanukis que não conseguiram concluir suas missões artísticas em vida. Outros afirmam que os vapores são alucinógenos que nos afetam se ficarmos olhando para eles por muito tempo.

CERARMAZÉM

Os Tanukis são conhecidos por terem vários tipos de potes (podendo até mesmo invocá-los durante os combates). E se tem um lugar cheio de potencial, este lugar é o cerarmazém. Pote de barro, pote de manteiga ou pote no fim do arco-íris: cada um tem sua própria tampa! Além disso, tem vasos. E tigelas. Jarros também. Alguns têm um valor inestimável. Tanuha Ping, responsável pelo lugar, pode explicar melhor do que nós. Com um pouco de sorte, você pode topar com um desses artistas pedantes que se acham… Argh… Como é mesmo que eles se chamam? Sabe quais? Aqueles que são melhores do que você... Ah, sim! Os Pelassakus.

CALABOUÇO: ATELIÊ DO TANUKUI SAN

Por muito tempo, Tanukui San foi o chefe do calabouço dos Kitsunes. Mecenas de vários artistas tanukis, já era esperado que ele se mudasse para poder ser o guardião do calabouço de Terradala. Seu novo projeto? Criar um exército de soldados de barro! Primeiro, porque ele não tinha um exército. Segundo, porque a lama, a terra, as rochas... Tudo isso faz parte da especialidade dos Tanukis. E aí dá para fazer duas coisas com uma pedrada só.

UM BARCO PARA A ILHA DE GROBE

Que ilha misteriosamente misteriosa é essa? Um rochedo? Um cabo? Uma península? O que quer que seja, O Barqueiro de Grobe espera por aqueles que têm culh… digo, coragem! Hahaha! Hum… Continuando… O Pandawa de apenas uma expressão, dotado de uma visão monocular, levará os que tiverem a coragem de viajar em seu barco até a ilha maldita…

E ninguém melhor do que um poeta para terminar esta apresentação. Recebam Grobeto Kralos, que sabe resumir melhor do que ninguém a essência de Terradala:

"♫ Um lugar cheio de rooochas

Pedras? Há um montããão

A gente arranha os cotovelos e as cooostas

Quando escorrega e leva um tombããão… "

Nosso pequeno tour de Terradala terminou! Encontro marcado para mais uma visita guiada, dessa vez com foco em Planta... Como é? Você quer saber mais sobre a ilha de Grobe? Ah… Bom… Então nos vemos em breve para mais informações sobre a ilha maldita... E não deixe de descobrir Plantala na semana que vem!