FR EN DE ES IT PT

Na última segunda-feira, 21 de junho, Logan, Crocus e Djinn conversaram sobre a Atualização 2.60 de DOFUS: Pandamonium. Prepara um bom café, e venha ler este resumo das informações mais importantes.

 


Nós dissemos que ainda tinham algumas coisas para fazer relacionadas a Pandala: ainda existe alguns mistérios para resolver e algumas histórias para contar antes de passar para a próxima parte do arco narrativo do Eliocalipse.

 


Vocês conseguiram explorar as diferentes áreas da ilha que adicionamos ao longo do ano passado, mas as coisas estão longe de terminar em Pandala. Alguns dos residentes começaram a desaparecer, fazendo os místicos se perguntarem sobre o Eliocalipse e como suas consequências podem impactar o Mundo dos Doze.

DOFUS conta a história de aventureiros cujo objetivo é reunir os seis Dofus primordiais, mas nunca tivemos a oportunidade de discutir o que acontece após a reunificação. Isso afetará o Mundo dos Doze?

Estamos trabalhando nessa atualização há algum tempo. Mas, vejam, essa é a vantagem de trabalhar no Temporis: nos permite realizar vários projetos em paralelo e o intercâmbio entre as diferentes atualizações.

Em termos de volume, esta atualização 2.60 é um aperitivo. Nós estamos trabalhando já há um bom tempo em uma atualização muito grande – Bonta & Brakmar - que demorou e continuará a tomar um tempo considerável.

Não vamos falar sobre essa atualização hoje, mas saiba que quando falamos de Bonta e Brakmar, não estamos falando apenas dessas duas cidades: haverá muito mais nessa atualização futura. Esta atualização 2.60 é uma espécie de introdução ao que acontecerá a seguir, mas você terá que ser paciente. Confie em nós, você entenderá isso; tudo será revelado e fará sentido. Por enquanto, estamos encerrando o arco narrativo de Pandala e começando a trazer algo mais adiante no processo.

O desafio era gerenciar bem essa transição e unir todo o conteúdo de uma forma divertida e emocionante...

Então, no trailer, fomos apresentados a esses cinco personagens, e eles são o que chamamos de “Possuídos”.
 


Eles vêm do norte, além da Ilha de Grobe, e saqueiam aldeias ao redor do Mundo dos Doze. Várias pessoas que encontraram esses famosos indivíduos – Possuídos – os reconheceram como alguns dos Dozeanos supostamente desaparecidos. Que, aliás, não são mais exatamente os mesmos...?

Alguns de vocês podem estar se perguntando: “Demônios no Mundo dos Doze? Shushus?” Esta não é uma pergunta que podemos responder agora.

Alguns de vocês sabem que existe um pacto de não agressão entre Rushu e o Mundo dos Doze. O que você sabe sobre Shushus e a Shukrute, você aprendeu com a série Wakfu. Rushu está longe de estar sozinho.



Do lado do DOFUS, ainda não exploramos essa parte do background, então esta é uma pequena introdução e você verá que tem muita coisa para descobrir entre WAKFU e DOFUS. Seu objetivo será descobrir quem são esses Possuídos e o que eles desejam!
 

 
 

Portanto, este novo atol compreende de duas áreas:

  • O porto, que é a entrada da área, de onde eles partem.
  • Área de Pandamonium, onde está o líder dos Possuídos e os demônios mais perigosos.


Ambas são nível 200 e teremos uma família completa de monstros, calabouços, equipamentos, recursos, sucessos e missões. Observe que existem missões relacionadas à zona e sua história. Existem missões associadas ao epílogo de Pandala, incluindo uma que dá início à pós-reunificação que continuará a ser desenvolvida...


 


O Conjunto Possuído é focado em força/agilidade e oferece danos de empurrão e bônus crítico. Eles possuem também os efeitos clássicos, como um PA e alcance no amuleto e um bônus de conjunto com retirada de PM.

Vocês poderão montar uma build que explora todos os efeitos. Então, quando vocês estudarem as estratégias e táticas ideais para seu personagem, vocês poderão aproveitar simultaneamente a redução de PM e o dano de Empurrão ou se concentrar em qualquer um deles, ou mesmo em críticos. Ou até mesmo explorar diferentes combinações possíveis com outros conjuntos.

O objetivo aqui, em termos de resistências, é propor alternativas reais ao sistema atual dando resistências nos elementos do conjunto.

 
Em termos de empurrão, temos o oposto do Conjunto Possuído, pois vemos a resistência ao empurrão.

Para o Conjunto do Pandamonium, o objetivo era oferecer um conjunto pura força que concederia a você fuga e esquiva de PA porque, normalmente, essas duas características são difíceis de maximizar em construções de força. E assim, dado que também temos muitos conjuntos e itens de força com base em crítico e danos críticos, a ideia é oferecer uma alternativa. Além disso, outro atributo que geralmente falta nos itens de força é a iniciativa, que adicionamos aqui. Isso deve permitir mais flexibilidade em termos de configuração de build.

Tem também boas curas e um bônus de cura do conjunto que pode permitir que você faça algumas coisas muito emocionantes, particularmente com uma arma de combate corpo-a-corpo que causa algumas linhas de dano...
 


Para o escudo, queríamos fornecer um efeito que não tivesse uma penalidade em resistência. A ideia também era propor outras resistências além das resistências à água (como muitos outros escudos) para permitir mais variedade neste nível. Também temos o bônus de fuga e empurrão que permitirão mais mobilidade para personagens corpo a corpo que escolheriam bloqueio em vez de fuga em sua configuração (para builds que não seja de ar). Então, isso deve complementar as builds de dano de empurrão e corpo a corpo.

Quanto ao martelo, é bastante original porque é um martelo que causará várias linhas de cura. Você tem uma linha de dano neutro que pode ser associada ao elemento que causará um dano menor. O efeito de cura fixa permitirá que você maximize a cura porque queremos propor uma possibilidade de cura corpo-a-corpo que possa ser viável em outros elementos além do fogo.

Existem muitos efeitos úteis como resistências, fuga (essencial para acertar com o AoE do seu martelo - é mais provável que você seja travado pelo seu inimigo em combate corpo-a-corpo), cura e invocação.

Também tem alguma resistência crítica, e um pouco de penalidade em iniciativa e bloqueio, mas isso não deve ser um grande problema; é apenas para contrabalancear os outros efeitos.

Quanto à capa, a ideia é ter uma nova capa mono elementar de Ar com um bônus de PA porque no nível 200 não tem muitos itens que dão PA para uma build de agilidade; então, isso deve desbloquear possibilidades em termos de combinações de itens.

Esta capa é muito focada nos efeitos: vemos bons danos fixos, grande vitalidade, um PA e um alcance, boas resistências elementares e a crítico. Existe uma pequena penalidade de fuga, mas isso não deve ser um grande problema para um personagem de agilidade. Também adicionamos retirada de PM para os personagens que querem jogar de agilidade. Não muito comum em itens de agilidade, também adicionamos um pouco de iniciativa.
 


Adicionamos 2 montascotes com efeitos:

Para a primeira, a ideia era propor uma montascote para classes de invocação com efeitos que não tínhamos visto até agora, seja em uma mascote, montascote ou montaria. Queríamos trazer uma pequena novidade nessa frente também com esta atualização.

A segunda tem uma vocação muito particular, pois será orientada para PvP e poderá ser obtida no Koliseu via Kolifichas. Ela oferece uma combinação de bônus de bloqueio com resistência a empurrão para dar aos personagens a habilidade de bloquear seus oponentes em combate corpo-a-corpo sem ficar completamente esmagado entre a parede e o inimigo devido ao dano de empurrão.