Ao continuar navegando neste site ou fechar esta janela, você aceita o uso de cookies destinados a realizar estatísticas de visitas, bem como lhe propor vídeos, botões de compartilhamento, anúncios personalizados e um serviço de chat. Para saber mais e configuração de cookies X

FR EN DE ES IT PT

Encontre com os membros da equipe Dofus toda semana para uma sessão de perguntas e respostas.

Esta semana, [Briss] - Game Designer, responde sua pergunta sobre o balanceamento entre mascotes e montarias.
 

Vocês pretendem equilibrar as mascotes com as montarias?


É uma questão que tem nos incomodado há um tempo. Nós gostaríamos que a escolha de jogar com uma mascote fosse mais viável do que uma montaria. Temos algumas opções de como melhorar a situação atual, por exemplo, aplicando um bônus exclusivo às mascotes de forma a se destacarem mais do que as montarias. Mas, independentemente da solução, temos de enfrentar um obstáculo do sistema de mascotes, que é bastante velho e não foi construído para poder evoluir, e isso não nos permite solucionar esta questão. Por exemplo, se modificarmos uma mascote, não poderemos modificar retroativamente as mascotes antigas para lhes dar os novos valores (a não ser que seja uma mascote particular que não evolua, como os Kwaks).

Esta falta de flexibilidade nos impede de melhorar as mascotes existentes sem que, para isso, nós precisemos rever completamente o sistema de mascotes: a maneira como evoluem e os bônus que concedem. Por enquanto, nós decidimos equilibrar da forma que pudemos as mascotes. O fato de poderem ser equipadas a qualquer momento, diferentemente das montarias, as deixam potencialmente interessantes em alguns contextos do jogo.

Isso não quer dizer que estamos satisfeitos com a situação. Ainda queremos evoluir o sistema de mascotes, mas isso requer um desenvolvimento pesado que não está planificado para agora.
 
***

Obrigado por ter lido este Ask Ankama. Você tem alguma pergunta?
Poste-a nos comentários. Nós selecionaremos as perguntas mais pertinentes e/ou mais frequentes para a próxima edição.